Também pode acontecer com você

Por maior que seja a confiança no quadro de funcionários, nunca há a garantia que suas contas passarão ilesas

Lembra aquela vez que seu último amigo a chegar à mesa do bar sentou, afrouxou a gravata e justificou o atraso com a auditoria que atormentava todo o escritório? Pois é, esta cena tem ficado cada vez mais comum nas rodas sociais. É o reflexo do aumento das fraudes corporativas, tema do nosso artigo desta semana.

Para 5%, os danos excederam R$ 10 milhões
Engana-se quem pensa que as fraudes estão relacionadas aos grandes escândalos. Diversas pesquisas e estudos apontam que práticas ilícitas fazem parte do dia-a-dia de todos os tipos empresas.

Pesquisa elaborada pela KPMG Auditores Independentes “A Fraude no Brasil”, realizado em 2009, demonstra que 70% dos entrevistados sofreram fraude em sua organização nos últimos dois anos. Dessas empresas, 77% estimaram prejuízos financeiros inferiores a R$ 1 milhão. Para 5%, os danos excederam R$ 10 milhões.

A situação é mais agravante se levarmos em conta levantamento feito pela PricewaterhouseCoopers Auditores Independentes, em Crimes Econômicos: Pessoas, Cultura e Controles – 4ª Pesquisa Global sobre Crimes Econômicos 2007, o qual aponta que a maioria das companhias (67%) não obtém êxito na recuperação dos valores envolvidos nos atos fraudulentos.

O impacto da fraude é imensurável, vai de perdas financeiras a danos à imagem da corporação, passando por riscos no ambiente de trabalho, como desconfiança dentro das bases organizacionais. Porém, a melhor alternativa de mitigar os malefícios é a contratação do seguro de fraudes corporativas. Ele cobre diversas situações que envolvam o prejuízo causado pelo ato ilícito, tais como: fraude de colaboradores, fraude virtual em sistemas eletrônicos e transferência de fundos, falsificação e adulteração de documentos, extorsão, atos criminosos relacionados ao mercado financeiro e de capitais.

O seguro também garante o pagamento dos honorários de auditores para apuração de sinistro, dos custos de reconstituição de sistemas de segurança violados por atos criminosos e das despesas de investigação e de reconstituição de dados. O valor de cobertura da apólice pode chegar a até R$ 100 milhões, protegendo não somente a empresa contratante-controladora, mas também todas as suas subsidiárias.

Na próxima semana falaremos de Responsabilidade Civil Estabelecimentos comerciais e/ou industriais.

Marco Bergamini
Rodrigo Zevzikovas

Quer fazer um seguro como este?

entre em contato pelo nosso e-mail w4@w4seguros.com.br ou venha tomar um cafezinho com a gente na Rua Herval, 712 l cep: 03062-000 – pabx: 55 11 2579-5422 | fax: 55 11 2579-5417

De Segunda a Sexta-feira das 9:30 às 17:45hs.
Horário de Almoço das 12hs às 13hs.

Quer reproduzir este artigo?

Todas as informações deste site são protegidas por leis de direitos autorais, no entanto você pode reproduzir o(s) artigo(s) com as seguintes condições:

1. Você deve reproduzir o artigo inteiro e inalterado, incluindo o(s) nome(s) do(s) autor(es), e todas as suas referências.
2. Você deve indicar claramente que o artigo é de autoria de  “w4seguros.com.br
3. Você deve incluir o link de redirecionamento para o artigo reproduzido.

No comments yet

Debes Logado Deixar un comentário



Tweets

    Todos os direitos reservado a W4 Seguros - Rua Herval, 712 l cep: 03062-000 - pabx: 55 11 2579-5422 | fax: 55 11 2579-5417